Primeiro de Abril!

Primeiro de abril, o famoso Dia da Mentira. A dona desse boteco, particularmente, acha o dia deveras divertido, afinal dá pregar umas peças nozamigues, sem que acabe a amizade.

Mas esse ano, o babado vai ser diferente, afinal, agora, todo mundo vai saber que eu curto as pegadinhas, e eu não vou consegui enganar ninguém… mas eu posso estar mentindo agora! Será?!

Mas, você, delícinha mentirosinha, que está pensando em enganar alguém hoje, sabe como surgiu o Dia da Mentira? O boteco te conta, afinal, tá liberado mentir, não deixar de ser fofo.

Há diversas histórias explicando o dia da mentira ou dia dos bobos (April Fool’s).  A mais famosa é que a brincadeira surgiu na França. A história é a seguinte: o ano novo no sec. XVI era comemorado no dia 25 de março, o início da primavera, as festas duravam uma semana e terminavam dia primeiro de abril.

Entonces, em 1564, depois da adoção do calendário gregoriano, o rei Carlos IX de França decidiu que o ano novo seria comemorado dia primeiro de janeiro, mas alguns franceses não curtiram muito a troca e continuaram comemorando o ano novo na data anterior. E com sempre, haviam engraçadinhos, e esses engraçadinhos começaram a fazer piadinhas com os que comemoravam o ano novo na data antiga, e enviavam presentes estranhos e convites para festa que não existam. As brincadeiras ficaram conhecidas como plaisanteries.

Por aqui, pelo Brasil, a data começou a ser difundida em Minas Gerais, onde circulou um periódico chamado A Mentira. O jornal foi lançado dia 1º de abril de 1848, e tinha como manchete ao falecimento de D. Pedro, que obviamente, era balela. A Mentira (o periódico) não durou muito tempo e sua última edição saiu dia 14 de setembro de 1849, e esta, apresentava uma nota aos credores que as pendências de jornal seriam todas acertadas no dia 1º de abril do ano seguinte… mas a nota era mentira, o local dado nela nem existia.

Na mitologia nórdica o dia é do deus Loki (que não é o Arnaldo Baptista) e esse deus é conhecido pelos seus truques e brincadeira, diz que daí que veio o dia da mentira. Mas, pode ser mentira!

Acho que é isso… entonces, aproveitem  o dia, moderadamente, por favor!


 

Que obviamente, era balela.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s