Por Partes

Juro que quase que esse mês, o boteco fica sem o cantinho safadinho… Mas, decidi que não! Entonces, vamos?!

Hoje eu não vou direto ao ponto, vamos por partes, afinal o assunto de hoje é esse. As partes erógenas do corpo. Você tem um corpo inteiro, e sinceramente, é um desperdício usar como zona de prazer só o parte obvia, seu corpo é cheio de áreas hipersensíveis ao toque, e a diversão do sexo é ir encontrando, mas o boteco te dá umas dicas, para facilitar um pouquinho à procura.

Como eu já disse antes, o corpo todo é uma zona erógena, mas existem as mais sensíveis, e por isso são as mais comuns:

  • Mamilos: Os mamilos são a parte mais sensível dos seios, e se forem bem estimulados pode até se chegar ao orgasmo mamário, que é um clímax quase exclusivo de nós, garotas (aproveita, gata!). Ah, mas com cuidado, porque a área é super sensível e pode machucar, isso serve pra todo mundo.
  • Pé: Pés são objetos de fetiche pelo mundo inteiro, tenho uma série de amigos que são ensandecidos por pés. Mas a tara é bem mais comum do se imagina, existe uma situação no Kama Sutra que diz que o melhor jeito de começar é com carinho nos pés. Mas mesmo que você não tenha esse fetiche, massagem no pé sempre é bom, ninguém nunca reclamou…
  • Coxa: Esqueça o dito popular que diz que feito nas coxas é uma coisa mal feita, a parte interna delas é super sensível, para ambos os sexos, e quanto mais perto das genitais, mais sensível e quanto mais sensível, mas prazeroso vai ser… O Marques de Sade, afirma em seus diversos contos, que incríveis são as mulheres que sabem fazer nas coxas…
  • Costas: As costas têm toda aquela sensação de que alguém vê o que você não vê… e isso que as tornam interessantes, porque pelo fato de o dono das costas não tem muito acesso a elas, completamente, dá ao outro um grande pedaço de corpo para surpreender. Bom elemento surpresa.
  • Pescoço: O pescoço é uma área muito tênue, porque como ele protege várias partes importantes do corpo e por isso o comum é proteger, mas em contraponto a nuca é uma zona erógena por memória ancestral. É o seguinte, como os homens das cavernas só trepavam com a fêmea de quatro, a visão era da nuca, ai a memória ficou registrada… Incrível, não?!
  • Orelha: Dizem por ai, que o ponto G feminino fica mesmo no ouvido, mas nesse caso estamos falando da orelha mesmo… Os arredores são cheios de terminações nervosas e carinho por ali, a maioria das vezes é muito bom, o que quase nunca ocorre com aquela famosa língua no ouvido…

É isso, crianças… espero que vocês usem toda e qualquer parte do corpo em função do prazer, afinal o hedonismo é uma delicinha!

Divirta-se e aproveitem o final de semana para descobrir qual a sua zona mais erógena. Juízo e camisinha!

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s